no cover -  
  • Lyrics
  • Information
  • Top Tracks
  • Related Tracks
  • Related Artist

Mike El Nite - Horizontes

[Letra de "Horizontes"]

[Intro]
Uma obra que depressa viria a ser reconhecida como um dos pontos mais altos atingidos pela poesia portuguesa
Eis aqui quase cume da cabeça da Europa toda o rei do lusitano onde a terra se acaba e o mar começa

[Verso 1]
Horizontes, horizontes
Alarguei os meus quando ouvi contos
Sobre exploradores inventores e pontes
Que ligaram mais que cardeais e pontos (Amen)
Eu queria beber mais: e fontes?
O meu professor disse-me "ouve e prontos"
Como assim ouve e prontos?
Vou crescer e aprender a ter que ouvir tontos? (Na)
Cedo soube saber mais que esses cepos
Borregos que só geram mais casas com segredos
Preferem compactuar com degredos
Ate lá o largo se tornar o lar dos labregos man
Conhecimento e reconhecimento (Ya)
Armas contra o sim ao desinvestimento
Por isso eu selo o meu com o meu cunho e cimento
Dissidente enquanto houver Punho e invento
Ya, sou inventor
Levanto de novo de novo o meu esplendor
Da memória e todo o seu valor
Tudo é história, o resto é vapor, aaahhh
Sente o ardor de ser o dador e o lutador
Num mundo de dor e de pavor
Onde todo o amor é por favor (Por favor!)
Não sou nacionalista, mas nasci na lista
Dos que tem que pagar para que o que o ar exista
Se eu preciso respirar ponho o ar no artista
Enquanto flasho o meu narso a um narcisista
Porque ele quer que eu me esconda numa onda sem crista
Mas eu vou explorar enquanto houver mar à vista
Como os exploradores sobre os quais ouvi contos
Que ajudaram a alargar os meus horizontes
[Bridge]
A riqueza de Portugal, mais aparente do que real, e que se apoiava em bases muito frágeis: se fosse possível navegar do Atlântico para o Índico, então sim, era possível ir de navio desde o Tejo aos portos da Índia onde se criava e vendia a especiaria preciosa

[Refrão]
Horizontes, Horizontes, Horizontes, Horizontes

Eles querem tapar os teus
Eles querem tapar os teus
Eles querem tapar os teus
Eles querem tapar os teus

[Verso 2]
Eles querem tapar os teus
Horizontes
Manda-os para o caralho man, não deixes
Faz o teu trabalho bem e não te queixes
Abre a janela da goela man, não te feches
Sê velas em caravelas, eles são peixes
Pesca muito. Não te desleixes
Porque quando estás na merda, eles atiram pedras mas se um dia fores alguém eles falam bem até te dão beijos
Man, eu sei que eles são fakes
Acredita em mim eu sei que eles são snakes
Mas tens que ser sólido como um metal para poderes trazer mudança e seres aceite
Separa a água do azeite
Porque quem canta de galo está por um fio
Sorrisos amarelos ainda são de leite
Nenhum ficou quando a cortina caiu
Fim do acto da peça de um teatro
Quanto muito existe um Viris, nunca houve um Viriato
Desde que sou um ser vivo sinto que vivi inato
Questionei tudo o que vi e ouvi na vida e viro ingrato?
Muito obrigado, nah muito obrigado
Por me terem ensinado que não posso ser formatado tipo:
"Estás orientado se não fores dos que destoa
Por isso caga na mensagem, o Fernando já não é pessoa"
Man na minha mente ecoa a frase:
"Fui feito para feitos grandes"
Mas sinceramente já gastei tantos
Matei gangs
Sem guns
Descobri mentes em Descobrimentos que podia ter feito antes
Tanta coisa para falhar na hora H
Tipo estava mesmo mesmo quase la só que aaaahhh
Não é com o quase que vais criar Orpheus por isso enquanto os vires ao longe man alarga os teus
Horizontes
You might also like[Outro]
O sacerdote que, momentos antes da morte
(Claramente)
(A chapa tá quente!)
Ele perguntou-se se quer dar um recado, e o duque [de Bragança, D. Fernando II] disse-lhe: olha, diga a el-rei [D. João II] meu senhor e primo, que terror sem amor não leva a parte nenhuma

Advertisement
Bands you might like

L-ali

Yuzi


Comments
avatar