no cover -  
  • Lyrics
  • Information
  • Top Tracks
  • Related Tracks
  • Related Artist

Don L - bingo

[Letra de "bingo" com Don L]

[Verso 1]
​é a porra de um jogo de azar bruto
​num é opção num fazer aposta
​uns metem milhão porque tem muito
​quem tem só o pescoço põe à prova
​no mundo por conta própria
​ser foda é só um critério
(cê tem que tentar a sorte)
​e papo de mérito é tipo policial honesto
​tu sabe que é folclore
​pra uns papai noel existe (certo)
​pra outros, é só o corre
​capitalismo e crime é como níquel e o imã
​é sempre atração forte
​eu cresci vendo vilões caindo
​virando heróis tarde por morrer cedo
​е outros serem esquеcidos (fui)
​deixando o cassino com o bolso cheio (bora)
[Refrão]
​dá minha grana que eu tô indo
​tipo num bingo (bateu!)
​ninguém vence por muito tempo em cassino
​e a vida num é o brinca
​num brisa no hype dos gringo
​tu sabe que tipo de verme controla os caça níquel
​e eu posso ser bandido
​mas num sou tipo que fecha com polícia

[Verso 2]
​num posso chapar, eu tô esperto
​difícil ainda ficar de cara
​uma dose de pinga no boteco
​e sempre na cinta minha draga
​cidade de interior, hmm
​melhor eu já ir pegando a estrada
​uma mina no bar me encarou muito
​e perguntou quem é o caiçara (dá pala não)
​​no ouro 21 quilates
​exala o cadáver de um bandeirante
​o sangue na sela do meu cavalo
​espirrou da cara de um traficante (de escravos)
​hmm, pode ser nóia minha
​e a mina só quer um chá
​e eu até queria
​matar um coronel na Bahia
​mas hoje é melhor vazar
You might also like[Refrão]
​dá minha grana que eu tô indo
​tipo num bingo (bateu!)
​ninguém vence por muito tempo em cassino
​e a vida num é o brinca
​num brisa no hype dos gringo
​tu sabe que tipo de verme controla os caça níquel
​e eu posso ser bandido
​mas num sou tipo que fecha com polícia

[Ponte: Don L & Terra Preta]
​ooh, ooh
​ooh
​bora nessa, bora nessa, bora nessa
​ooh, ooh
​ooh
​bora nessa, bora nessa, bora nessa

[Verso 3: Don L]
​quarenta kilo a menos (uh!)
​de ouro naquele engenho (uh!)
​enchendo meu arreio (uh!)
​várias cabeça eu cortei uma a uma
​a minha tá a prêmio (uh!)
​minha pele clara deixa eles puto
​por não querer ser um deles (nunca)
​sabendo ser filho de um estupro
​enforquei um senhor no laço, uh
​dono da fazenda Itaú, uh
​abri a cela das senzalas tudo
​eu e meu bando pesado, uh
​barras e barras pra minha captura
​agora é tarde num vão pegar nunca
​chupa Raposo Tavares e trupe
​um dia minha prole fode a tua
[Refrão]
​dá minha grana que eu tô indo
​tipo num bingo (bateu!)
​ninguém vence por muito tempo em cassino
​e a vida num é o brinca
​num brisa no hype dos gringo
​tu sabe que tipo de verme controla os caça níquel
​e eu posso ser bandido
​mas num sou tipo que fecha com polícia

[Saída: Don L & Terra Preta]
​ooh, ooh
​ooh
​bora nessa, bora nessa, bora nessa
​ooh, ooh
​ooh
​bora nessa, bora nessa, bora nessa

Advertisement
Bands you might like

DJONGA

Froid


Comments
avatar